Aventuras no mundo pokemon (Kanto)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aventuras no mundo pokemon (Kanto)

Mensagem por Malia Twilight em 26/7/2014, 16:43

Aventuras no mundo pokemon
(Kanto)


Capitulo 1: O Pidgey nada dócil.

NEYRA


Eu sou Neyra Wolf, sou uma simples treinadora pokemon (bom eu vou ser, é que eu ainda não sai da minha cidade, mas já tenho meu inicial, mas ele fica com o Professor Oak), meu sonho é ser uma mestra pokemon, eu tenho 14 anos (eu sei, meio velhinha para começar a minha jornada, mas fazer o que, eu tinha medo de sair), hoje eu finalmente irei começar a minha jornada, vantagem: meu Charmander já está mais forte que os outros que começam suas jornadas, pois eu já treinei ele um pouco, o Professor Oak só cuida dele porque minha mãe não quer um pokemon de fogo dentro de casa, ela tem medo de que ele ponha fogo na casa, desvantagem: eu tenho medo de sair daqui, tenho muita vergonha e sou muito desorientada, então imagina uma adolescente com medo, totalmente desorientada e com vergonha de perguntar onde está  ou por onde tem que ir, mas fazer o que, hoje eu irei começar a minha jornada, eu já meio que me apresentei, então vamos começar a história.
Estava dormindo tranquilamente, a baba estava escorrendo na minha boca (eu sei, eca!), de repente a droga do despertador toca (fiquei com uma vontade de quebra-lo), vejo ás horas, são apenas 14:00, nada de mais eu pensei, mas logo me lembro que era para eu estar ás 13:30 no Laboratório do professor Oak, (Droga!!), pensei em tomar banho, mas eu descartei pois  já estava bastante atrasada (que nojo, mas fazer o que, eu demoro uns 30 minutos no banho, se eu chegasse as 14:30 o professor me mataria), só troquei de roupa, coloquei minhas roupas de sempre: uma camisa branca com um caveira no centro, uma jaqueta de couro preta, calça preta, meia pretas e tênis pretos. Pego minha mochila de cor preta com detalhes vermelhos, e fui para a cozinha, comi bem rápido alguma coisa que eu encontrei (engasguei mas não morri), corri para o banheiro, escovei os dentes e sai correndo para a saída, apesar de ter dado de cara na porta eu consegui sair, tinha poucas pessoas caminhando pela cidade.
- Oi!! Tchau!! – falo correndo na direção do laboratório.
Quando entro no laboratório vejo um senhor de jaleco e cabelos brancos, bem, ele é o professor Oak.
- Neyra! Finalmente! – fala o professor – pensei que você não viria.
- dormi de mais – digo – Você ainda está com o meu Charmander?
- Claro que sim, ele é seu não é? – fala ele com um sorriso no rosto – Já vou pegar, só um momento.
Vejo  ele pegar um pokebola (pokebola do Salamander, esse é o nome de meu Charmander), depois outras 5, uma potion e uma pokedex, ele me entrega, eu logo coloco tudo na minha mochila.
- Obrigado – agradeço pelas coisas.
Ele dá um sorriso, depois volta aos seus afazeres. Eu vou em direção a Route 1, bom pelo menos eu espero que seja a direção certa.
Minutos depois, eu finalmente chego a Route 1.
- Finalmente! Pensei que estava indo pela direção errada – falo sozinha (sabe eu so daqueles tipos de louco que fala sozinhos).
Estava rindo sem para até que um piado me assusta, vejo na direção do piado e vejo um pequeno pássaro pokemon, para saber mais sobre ele eu pego a minha pokedex.

Pidgey


Nível: 9
Sexo: Macho
Exp:

Ataques:
Tackle
Gust
Sand Attack

É um pokemon do tipo Normal / Voador. Ele é conhecido como o pequeno pássaro pokemon.
Muito dócil. Se atacado muitas vezes vai chutar areia para proteger a si mesmo ao invés de lutar.

Um Pidgey, nada mal, eu pensei, ele é dócil e forte, legal, eu me aproximo de Pidgey pensando que ele era bem dócil, mas que mentira, ele é dócil droga nenhuma, ele começa a me bicar e não para mais, depois começa a me arranhar, não tinha mutas alternativas, eu tinha de colocar Salamander para fora da Pokebola, então eu pego sua pokebola e o coloca fora da pokebola, Salamander logo pega o Pidgey e o joga para frente, ele fica entre o Pidgey e eu.
- Bom Salamander, está na hora de batalhar – falo.
- Char, char – fala Salamander.

Salamander VS Pidgey

- Salamander use o Scratch no chão para depois jogar areia no olhos do Pidgey, depois use o Scratch no Pidgey e finalize com o Ember – dou o comando.
Salamander usa o Scratch no chão, assim jogando areia nos olhos de Pidgey, o mesmo fica distraído por causa da areia em seu olhos, Salamander aproveita isso, então ele usa o Scratch novamente, ele consegue arranhar o pequeno Pidgey, o mesmo se concentra e usa o Tackle, mas antes de ele atingir seu adversário, Salamander enche sua boca de brasas, depois as dispara em direção de Pidgey, o mesmo fica tentando tirar as brasas de si mesmo, assim ficando distraído.

- Salamander use o Growl rapidamente, depois use o Ember e finalize com o Scratch.
Salamander enche seus pulmões de ar e logo usa o Growl, assim diminuindo a força de ataque de Pidgey, o mesmo tira todas as brasas de si mesmo e depois usa o Gust, Salamander fica parado, assim aguentando o dano do ataque, Salamander enche sua boca de brasas e  as dispara em direção de Pidgey, o mesmo usa o Gust e lança as brasas na direção de Salamander, o mesmo recebe poucos danos, Salamander não desiste, ele vai na direção de Pidgey já preparando o Scratch, Pidgey tenta desviar, mas ele é atingido pelo ataque.

- Salamander use o Growl, depois o Scratch e finalize com o Ember.
Salamander enche seus pulmões de ar e logo usa o Growl, assim diminuindo a força de ataque de Pidgey e o intimidando, assim o fazendo recuar alguns passos, Salamander vai na direção de Pidgey se preparando para usar o Scratch, quando Pidgey volta a si, era tarde demais, ele é acertado pelo ataque, quando Pidgey estava se levantando, Salamander enche sua boca de brasas e  as dispara em direção de Pidgey, o mesmo mal tinha se levantado, quando ele percebeu as brasas, era tarde demais, as brasas atingem o pequeno pássaro, Pidgey estava quase derrotado, mais um golpe e ele ficava inconsciente.

- Não irei lê torturar mais pequeno Pidgey – enquanto falava percebo um tipo de cicatriz em sua asa esquerda, deve ter sido provocada por uma pessoa, por isso todo aquele ódio, depois eu pego uma pokebola – vai pokebola!!
Quando a pokebola acerta Pidgey, o mesmo era envolto de uma luz vermelha, a mesma o puxa para dentro da pokebola, a mesma cai no chão e fica girando de um lado para o outro, depois para, eu tinha capturado o meu primeiro pokemon, apesar de ele ser um Pidgey nada dócil, eu pego a pokebola do chão e vou caminhando rumo a Viridian City.












avatar
Malia Twilight
Narrador


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum